1. Ornitologia
  2. Sabia?
  3. Fichas de Aves
  4. Fotos
  5. Vídeos

 

 

“De todas as coisas seguras, a mais segura é a dúvida”

Bertolt Brecht

 

 

 

 

 

AS AVES NOS SONHOS

2011-01-28

 

José Carlos Ferreira

associado O.N.

STAM 848J

 

 

Os desígnios da escrita colocam-nos tantas vezes em situações embaraçosas como a de querer escrever sobre algo que desconhecemos em absoluto, sobre a qual não temos qualquer prazer em pensar nem acreditamos!

Esta é uma abordagem simplista de um tema que não domino de todo e que, apenas pelo cepticismo com que o encaro, se torna fácil de abordar. Não apresento qualquer outra intenção que não seja a de querer documentar, de forma sucinta, as crenças humanas acerca das AVES nos sonhos. Perdoem-me os entendidos qualquer desvio involuntário a um conhecimento preciso e correcto, no qual não acredito.

 

À própria imagem de cada ave as crenças humanas foram atribuindo qualidades próprias e específicas a cada uma delas.

 

Significado de algumas aves:

 

gaio azul

adaptabilidade

 

garça-real

auto-suficiência

 

canário

alegria

 

colibri

alegria

 

cardeal vermelho

beleza

 

avestruz

justiça

 

chapim

optimismo

 

coruja

sabedoria

 

galinha

fertilidade

 

pavão

consciência

 

grou

longevidade

 

pelicano

sacrifício

 

corvo

mensageiro

 

faisão

harmonia

 

pomba

esperança, paz

 

codorniz

família

 

pato doméstico

felicidade conjugal

 

pisco

crescimento

 

pato bravo

aventura

 

gaivota

liberdade

 

águia

poder

 

pardal

companheirismo

 

falcão

força

 

cegonha

filosofia

 

flamingo

graciosidade

 

cisne

verdadeiro

 

ganso doméstico

brigão

 

peru

inquietação

 

ganso das neves

fidelidade

 

abutre

destino

 

O sonho pode definir-se como um conjunto de ideias, emoções, sensações e de imagens que se apresentam involuntariamente ao espírito durante certas etapas do sono, moldadas a partir de vivências próprias. O sonho é interpretado como uma reflexão do eu.

Os sonhos com aves são geralmente muito complexos e com interpretações ambíguas. As aves são símbolos muito frequentes nos sonhos, por vezes aparecendo voando alto no céu, outras vezes confinados a uma gaiola. As aves têm múltiplos significados consoante a espécie da ave e a sua função no sonho.

Sonhar com aves simboliza algo a ver com os nossos objectivos, aspirações e esperanças; sonhar com aves a chilrear ou em voo representa alegria, harmonia, êxtase, equilíbrio e amor; denota uma visão ensolarada da vida, que está experimentando a liberdade espiritual e libertação psicológica. Sonhar com aves mortas ou moribundas indica decepção, preocupação com problemas. Sonhar com ovos significa dinheiro enquanto sonhar com incubação indica o sucesso adiado. Sonhar com um ninho simboliza refúgio, independência e segurança, um empreendimento próspero, novas oportunidades ou fortuna.

A cor da ave determina também uma simbologia específica: uma ave branca significa paz, uma ave azul é considerada movimento aéreo, uma ave amarela significa riqueza, etc..

Segue-se a interpretação de sonhos com as aves que se seguem.

 

Abutre: visão clara sobre um problema; aprender com o passado; oportunista; morte.

Águia: simboliza a nobreza, orgulho, fúria, liberdade, superioridade, coragem e capacidade intelectual; auto-renovação e conexão com a espiritualidade; se nos E.U.A. significa patriotismo e dedicação ao país; uma águia presa significa uma situação desesperada em que se sente confinado, sem ser capaz de expressar quem é ou quer ser; um ninho de águias jovens representa a conquista na escalada social; se sonhar que mata uma águia significa a sua crueldade na tentativa de querer atingir os seus objectivos; se sonhar que come a sua carne significa que vai atingir um carácter forte e poderoso, com riqueza e influência.

Andorinha: pureza, renovação, alegria.

Avestruz: não está enfrentando a realidade; negação sobre algo.

Calhandra: ousadia, inteligência, independência.

Canário: felicidade e harmonia; novo relacionamento feliz.

Cardeal vermelho: vitalidade e felicidade; significa o primeiro lugar.

Cegonha: amor maternal, fidelidade, fertilidade; gravidez; criatividade e limpeza.

Chapim: necessidade de tomar consciência de algo especial na sua vida.

Cisne: cisne branco significa graça, pureza, beleza, dignidade, riqueza e prestígio.

Colibri: sugere que as suas pequenas ideias podem desenvolver-se com um enorme potencial.

Condor: morte e decadência; fealdade.

Coruja: sabedoria, discernimento, conhecimento, magia e força; poder psíquico; ouvir o piar de uma coruja pode significar morte e escuridão.

Corvo: morte e aspectos sombrios da nossa personalidade; denuncia hábitos irritantes.

Cotovia: elevadas aspirações.

Cuco: infidelidade; tempo e destino; metáfora para comportamento de louco.

Falcão: sugere que está focado em seus objectivos e aspirações; denota suspeitas em seu redor e da sua actividade.

Flamingo: representa sentido de comunidade e cooperação; também indica novas experiências ou situações; significa preocupação com a sua aparência física.

Gaio: sugere arrogância e confiança excessiva

Gaio azul: confiança, arrogância; algo esquecido.

Gaivota: indica desejo de fugir aos problemas; uma gaivota morta significa uma separação.

Galinha: covardia e falta de vontade; boato; denota preocupação e desentendimento.

Galo: agressividade masculina, masculinidade, orgulho, valentia, petulância e arrogância.

Ganso: tendência para o doméstico e companheirismo; fertilidade e amor maternal; mensagem do inconsciente.

Garça: relação dependente.

Grou: felicidade, amor maternal e gestos de boa vontade; imortalidade, vigilância.

Guarda-rio: calma e dignidade.

Ibis: significa perseverança, dedicação e aspiração.

Melro: falta de motivação; não está utilizando todo o seu potencial; luxúria, ciúme ou tentação.

Mobelha: capacidade de ir ao fundo e trazer a verdadeira sabedoria; à procura de respostas dentro de si; momento de reflexão e introspecção.

Papagaio: fofoca; pessoa excêntrica.

Papa-léguas: agilidade mental; capacidade de seguir ideia atrás de ideia.

Pardal: humildade, fé e simplicidade, frugalidade.

Pato: representa a liberdade espiritual (se no voo) ou o inconsciente (se a nadar); servem de ligação entre o mundo espiritual e o mundo físico; flexibilidade e capacidade de adaptação a várias situações; um pato branco sugere falsidade e engano.

Pavão: primavera, longevidade e amor; bom presságio, sucesso, prestígio; orgulho e vaidade.

Pega: insatisfação e desentendimentos; insegurança ou ameaça

Pelicano: nutrição, sacrifício e caridade; altruísmo.

Perdiz: independência, habilidade de liderança.

Peru: pensamento pouco clarificante e tonto.

Pica-pau: vigília, indústria e diligência.

Pinguim: os seus problemas não são tão graves quanto parecia; as suas emoções levam-no para uma situação negativa.

Pisco: novo começo e tempo de crescimento; auto-sacrifício.

Pombo: está arcando com a culpa por acções de outros; notícia e fofoca, mensagem; desejo de voltar a casa.

Rola: paz, tranquilidade, harmonia, carinho e inocência; lealdade, amor, simplicidade, gentileza e amizade; mensagem e bênção do Espírito Santo; precisa de abandonar pensamentos de ódio e vingança.

Rouxinol: desejo não correspondido, amor e dor; ouvir um rouxinol a cantar significa iluminação espiritual.

Tucano: paraíso, relaxamento, facilidade.

 

Normalmente, sonhar com aves é auspicioso.

 

Eventualmente acredito que todas estas crenças possam ser entendidas como fenómenos de fé, mas dou sobretudo crédito à dúvida inerente à natureza destas crenças como fenómenos psicológicos com base em vivências próprias, sem lógica conceptual.

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copie o banner ON: